Casa da Cidade debate “A luta por moradia no século XXI”

Com o avanço da financeirização das economias globais, os conflitos entre o capital financeiro e a função social da terra e moradia tornaram-se evidentes. É no meio a esse conflito que os movimentos sociais travam sua luta do dia a dia.

Neste contexto, o movimento de moradia ganhou destaque nacional, em especial pelas suas mobilizações para a reivindicação de moradias populares na capital paulista. O déficit habitacional e a luta por moradia ocorrem também em outros países. Na Espanha, por exemplo, a Plataforma dos Afetados pelas Hipotecas (PAH) também luta contra a especulação imobiliária, que tem feito com que milhares de famílias daquele país sejam expulsas de suas casas.

A aparente similaridade não é mera coincidência. A luta pela moradia como função social não é nova, contudo existem elementos novos no século XXI.

Para debater este tema, o Instituto Casa da Cidade convidou Guilherme Boulos, graduado em Filosofia pela Universidade de São Paulo e coordenador nacional do MTST e da Frente de Resistência Urbana e Rafael Mayoral, Secretário de Relações com a Sociedade Civil e Movimentos Sociais do partido Podemos da Espanha e também assessor da Plataforma de Afetados pelas Hipotecas (PAH).

O debate será realizado na sede do Instituto (rua Rodésia, 398, Vila Madalena, São Paulo, SP), na quarta-feira, 29 de julho, a partir das 19h30. A entrada é gratuita e não é necessário confirmar presença antecipadamente.

Debate: “A luta por moradia no século XXI”
Evento no facebook
29 de julho (quarta-feira), a partir das 19h30
Instituto Casa da Cidade
Rua Rodésia, 398, Vila Madalena
São Paulo – SP
Tel. (11) 3814-3372

Compartilhe!