Religião nas Periferias de São Paulo

O universo da fé nas periferias da cidade de São Paulo é diverso. Abriga diversas organizações, denominações, experiências e perfis pessoais. Uma pesquisa recente da Fundação Perseu Abramo procurou investigar a relação entre a religião e as percepções políticas de moradores de bairros periféricos. Os pesquisadores constataram que a religião cumpre três funções fundamentais no cotidiano das periferias da cidade de São Paulo:

* fornece importante espaço de sociabilidade comunitária, constituindo uma rede de apoio e solidariedade;

* dá orientação moral para uma conduta disciplinada e afastada da criminalidade;

* funciona como um “selo de honestidade e idoneidade” que demonstra que a pessoa tem bons valores, algo que pode ser muito relevante principalmente nos bairros mais violentos.

Para conversar sobre esses e outros achados da pesquisa, convidamos Kitanji (Povos Tradicionais de Matriz Africana), Pastor Marco Davi de Oliveira (Igreja Batista em Parque Doroteia) e Padre Assis Tavares (Igreja Católica Apostólica Romana) para o próximo debate na Casa da Cidade, no dia 05/06, às 19h.

Este será nosso segundo encontro para debater os resultados da pesquisa “Percepções e valores políticos nas periferias de São Paulo”, da Fundação Perseu Abramo. Não perca!

Compartilhe!